III Encontro Internacional para Educação STEAM

“A nossa vida é uma grande caixa de experimentos”, resumiu uma professora da rede pública de Jundiaí, de forma muito precisa, o que é lecionar, durante 3o Encontro Internacional de Educação STEAM.

O evento, realizado na cidade do interior de São Paulo em setembro, foi uma oportunidade para troca de experiências entre professores, diretores e coordenadores pedagógicos que já aplicam em sala de aula o programa Experimento ou que desejavam conhecer mais sobre o método prático de ensino de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Para isso, tiveram a chance de ouvir Werner Busch, o principal interlocutor entre a Fundação Siemens e a Siemens Stiftung, fundação da Alemanha que criou o Experimento, e assistir a uma palestra de Alice Ribeiro, secretária-executiva do Movimento pela Base Nacional Comum Curricular, que contou como foi o caminho até a implementação dessa essencial padronização da educação brasileira.

Werner Busch comentou, entre outras coisas, que o Experimento está passando por adaptações para acompanhar o mundo em constante mudança e que ver escolas como as de Jundiaí, que criaram suas próprias experiências a partir de problemas locais, é o verdadeiro espírito do programa, que hoje está presente 83 cidades do Brasil. Ele ainda comentou que, não importa onde vá, o entusiasmo das crianças e os questionamentos dos professores sobre essa inovadora forma de aprender e ensinar são os mesmos em todo o mundo. “A adoção do programa é uma estrada de uma via só, uma vez que se tem uma perspectiva mais ampla das coisas e uma mente aberta em relação ao seu entorno, não tem volta, é só sucesso”, analisou ele.

© Fundação Siemens Brasil 1986-2020

Fale Conosco